Ambulatório de Memória do Idoso (AMI)

APRESENTAÇÃO

 

O ambulatório atende pacientes acompanhados no Serviço de Geriatria HC-FMUSP, nos quais haja suspeita de comprometimento ou declínio cognitivo.

MISSÃO

Realizar avaliação cognitiva e funcional de pacientes idosos com suspeita de comprometimento cognitivo, através de instrumentos padronizados, com objetivo de aprimorar o diagnóstico de alterações cognitivas próprias desta faixa etária. Proporcionar um ambiente de pesquisa clínica estruturada, bem como de ensino aos residentes, especializandos e alunos de complementação especializada.

VISÃO

Ser referência dentro do Serviço de Geriatria HC-FMUSP para diagnóstico de alterações cognitivas, além de produzir conhecimento e proporcionar aprendizado na área de Geriatria Cognitiva.

PÚBLICO ALVO

Indivíduos idosos com suspeita de comprometimento cognitivo, acompanhados nos ambulatórios do Serviço de Geriatria HC-FMUSP.

 

NOSSA HISTÓRIA

 

O Ambulatório de Memória do Idoso (AMI) foi criado em agosto de 2002, inicialmente com a finalidade de recrutar pacientes com queixas de memória para a pesquisa “Efeitos dos exercícios resistidos no desempenho cognitivo de idosos com comprometimento da memória – resultados de um estudo controlado”. Desde então, passou por diversas mudanças em sua estrutura e funcionamento. Atualmente serve como referência para diagnóstico de alterações cognitivas dentro do Serviço de Geriatria HC-FMUSP.

 

EQUIPE

 

Prof. Dr. Alexandre Leopold Busse
Prof. Dr. Daniel Apolinário
Dra. Regina Miksian Magaldi

Neuropsicóloga Evelyse Ribeiro

CONTATO E LOCALIZAÇÃO

Endereço:
Av. Dr Enéas de Carvalho Aguiar, 155
Prédio dos Ambulatórios – 5° andar Bloco 4A

 

Telefone: (11) 2661-6731